Babuska

Olá leitores.

Eu nunca gostei de bonecas, na verdade sempre odiei o fato de em todos os aniversários me davam pelo menos uma boneca. Porque quando somos garota temos que receber bonecas?

Mas as Babuskas sempre me deixavam curiosas. A Babuska é uma boneca de madeira com bonecas menores dentro dela em ordem decrescente, cada uma dentro da outra até chegar a menor de todas que não é oca. Todas elas tem as mesmas cores e desenhos, que vão se tornando mais simples de acordo com o tamanho da boneca. É uma boneca típica da Ucrânia. Elas refletem a formação da personalidade da mulher e também a passagem das gerações. O fato de ter uma boneca grande com bonecas menores dentro significa que a mulher é influenciada por outras mulheres e que ela também influencia outras mulheres, assim como a avó influencia a mãe que influencia a filha e a avó também pode ser influenciada pela neta. Também demonstra a passagem das gerações, que é tão rápido quanto você abrindo as bonecas. Todas as bonecas são parecidas, mas não iguais (como eu disse, são de cores iguais e os detalhes vão diminuindo), simbolizando que as gerações de mulheres de uma família passam as mesmas características e que vão sendo modificadas com o tempo.

Uma das lendas que envolve esta boneca é a história de que um senhor que esculpia e vendia bonecas uma vez fez uma boneca tão bonita que não quis vendê-la, levou para a sua casa e colocou no seu criado mudo. Todas as noites antes de dormir, perguntava a ela se estava feliz. Até que em certa noite a boneca pediu um bebê. Então o senhor esculpiu uma boneca menor, serrou a primeira e colocou o bebê dentro dela. Mas logo na noite seguinte, a segunda boneca também pediu um bebê. E lá se foi o senhor e fez uma boneca e colocou dentro da segunda. Assim seguindo o caminho das outras, na noites seguinte ela pediu um bebê e lá se foi novamente o senhor fazer mais um bebê. Só que desta vez pensando que isso não iria acabar mais, o senhor fez o bebê e desenhou rapidamente um bigode nele, garantindo que seria homem e não iria pedir um bebê novamente

Viva a Mãe Rússia!

Nenhum comentário: