Significados

Eis que me encontro de bobeira na internet e vejo uma página que fala sobre palavras que são difíceis de serem traduzidas. Peguei três delas e resolvi escrever um pouco sobre.

"O sentimento de estar longe da sua terra natal."
Esse é um dos piores sentimentos que alguém poderia sentir. Apesar de eu me considerar mais portuguesa do que brasileira, tenho certeza de que iria sentir falta do Brasil. Todos os países do mundo tem os seus defeitos, só o que diferem são a maneira como lidamos com isso. Na França há violência, pobreza e desemprego. Mas se perguntar para um francês sobre isso, ele vai mudar de assunto e falar das coisas boas de seu país. Nos Estados Unidos há obesidade, miséria e destruição do meio ambiente. Mas é justamente o contrário que se passa em seus filmes. Enquanto ao brasileiro, dói o meu coração, na hora de descrever essa terra a pessoa só lembre da corrupção, desigualdade e prostituição barata. Temos umas das melhores culinárias do mundo, o nosso povo é o mais receptivo e animado e temos paraísos naturais intocados. Então sim, nasci em um país tropical e abençoado por Deus.



"Sentimento de estar sozinho na floresta."
Como já tinha dito antes, me sinto muito mais familiarizada com o meu passado do que o meu presente. Isso remete até os tempos em que podia-se ter uma cabana na floresta, sobreviver das suas colheitas e caças e não pagar imposto por isso. Sim, todos já tivemos raízes em um cenário parecido. Gosto de fazer trilhas e imaginar como era viver na pele desses meus ancestrais que viviam, literalmente, no meio do mato. Os homens saiam para fazer comércio e as mulheres cuidavam de uma pequena horta. É esse o meu sentimento quando estou entra as árvores.


"Sentimento de sair e olhar para ver se alguém está chegando."
Quem diria que essa palavra viria de um lugar que é preciso muita força de vontade pra sair de dentro de seu iglu? Eu sei quem descreveria essa sensação muito bem: meu velho cachorro Salvatore Mio. Ele era uma alegre salsicha e todo dia, quando eu voltava da aula, ele estava na janela me olhando. Ele também sabia quando eu estava esperando alguém e era o primeiro a receber a pessoa. Meu pequeno Sal é a verdadeira definição dessa palavra, desculpa homens do gelo.

Me despeço de vocês! Um abraço, Tuí.

Nenhum comentário: