A troca de reis

Miguel não era o mesmo a muitos anos. Desde que sua família foi se separando aos poucos ele tem negligenciado seus deveres básicos de Rei. Há anos não ouvia os pedidos do povo e muito menos os atendia. Os impostos se acumulavam e não eram usados. Nem mesmo eram gasto em festas, absolutamente nenhum gasto. Um neto distante dele, Satoshi, queria consertar as coisas. Começou abrindo o palácio para o povo vir fazer seus pedidos, como era feito a muitos anos atrás.
Só tinha apenas um detalhe. Satoshi não era tão alto, tão forte, com cabelos tão longos, pele tão branca e olhos tão redondos como era Miguel. Satoshi era pequeno, magro, cabelo curto, olhos puxados como os do humanos do oriente e de pele amarelada. As características que eles tinham em comum eram quase nenhuma. Mas mesmo assim Satoshi arriscou, "Miguel não se mostra ao povo faz muito tempo." pensou ele "Talvez eles nem percebam a diferença.".
Então ele entrou no salão real. O trono estava em um pedestal alto e a cadeira era mais alta ainda. Ele pediu que colocassem um banco em frente. E recebeu o primeiro aldeão.
"A colheita não foi boa esse ano, posso ter um desconto nos impostos?", "Claro, sem problemas. Pague quando puder!". O aldeão se curvou e agradeceu.
"Minha casa fica longe das escolas da cidade.", "Podemos ver o que podemos fazer. Deve ter alguma casa que possa servir de escola para as crianças da sua região. Darei mais informações em breve.". Estranhando a gentileza, a velha elfa se curvou e agradeceu.
"Preciso de mais espaço para criar meus cavalos.", "Podemos ver se tem algum lugar mais amplo para os seus cavalos. Mas pode ser em um lugar mais distante." O elfo se curvou e agradeceu. "Não é importante se é longe ou não. Só preciso de um espaço maior e não posso pagar por isso."
Naquele dia apenas três elfos foram fazer pedidos. No dia seguinte mais três. No outro vieram tantos que Satoshi pediu para muitos voltarem em outro dia. E você se pergunta se alguém percebeu. Sim, óbvio. Mas eles não tinham um Rei a muito tempo.
O povo recorre ao seu líder na hora do aperto. Isso lhe traz segurança e confiança. Boa parte das reclamações foram resolvidas pelos próprios elfos que reclamaram. Talvez eles só precisassem de alguém dizendo que era possível.
Enquanto a Miguel? Ele nomeou Satoshi como Ouvinte Real e voltou a fazer suas besteiras, do tipo anda nu pelo palácio por causa da simples preguiça de se vestir.

Nenhum comentário: