Carta ao Lost

O objetivo deste texto é a comédia.

Outro dia resolvi escrever uma carta a banda Lost, quando a banda ainda era formada. O correiro não achou o endereço e me mandou a carta de volta. Na carta constia o seguinte:

Querido Lost, espero que essa carta não se perca. Vocês deveriam parar de ficar tocando pela cidade para uma menina cega e surda. Jugue tudo para trás, diga que quer e siga em frente. Para estravazar a raiva pode bater no vento e chutar as nuves, se você souber voar. Tudo na sua frente é azul, quem precisa das outras cores? E quando for roubar, peça por favor. Mas há um segredo entre nós: o aplauso do céu está vindo comigo.
Obrigada pelo seu silencio.
PS: não corra contra o vento, se não vai ficar resfriado.
Laura Tuí.

Nenhum comentário: